Cozinha branca ou cozinha preta : qual escolher?

Cozinha branca

É verdade que a cozinha intemporal é branca? O preto é para conferir sofisticação ao espaço? Então se ambas as cores têm vantagens, qual a melhor opção na remodelação de cozinha.

Neste post, traremos as características de cada esquema de cor e como este pode influenciar o espaço da cozinha.

As cozinhas completas e modernas tendem a ser pretas, brancas ou mesmo em tons de cinza. Têm vindo progressivamente a substituir as cozinhas em madeira. Atualmente, para os mais ousados, existem ainda casos de sucesso com cozinhas de cor. O contraste das cores do backsplash e de bancada recriam ambientes inspiradores e demarcam a personalidade do espaço.

Articular a madeira com zonas de cor é também uma hipótese válida para quem procura espaços de conforto, muitas vezes, as desejadas cozinhas em open space com a sala.

As cozinhas em madeira envernizadas foram amplamente usadas no passado, e associam-se às cozinhas tradicionais, tendem a combinar melhor com tons cremes e acastanhados.

Cozinha branca com madeira

O universo da cozinha preta

Os acabamentos de uma cozinha preta são sobretudo pintura, lacagem e materiais como o termolaminado ou melamina, e menos frequentemente frentes metalizadas.

Na lacagem a escolha da escala de brilho, passa por brilhante, mate ou acetinado (meio brilho). Este acabamento influencia a capacidade refletora das superfícies, assim como as dedadas nas superfícies se exprimem.

As bancadas na cozinha preta normalmente tendem a ser elas também negras, ou com pedras com ligeiros veios negros, ou ainda a adoção de uma cor diferente que depois é ainda colocada no backsplash.

Uma forte iluminação é fundamental na cozinha preta. A bancada de trabalho requer uma intensidade de luz extra, para garantir que é confortável trabalhar neste espaço. O problema da cozinha preta é mesmo a falta de iluminação e como se pode tornar pouco funcional por esse aspeto.

 

Cozinha branca com pedra

Cozinha branca: a escolha mais comum

Igualmente à cozinha preta, a cozinha branca promove-se com o mesmo tipo de materiais e acabamentos.

As cozinhas modernas normalmente adotam o alto brilho pela sofisticação que lhes imprime, mas para as cozinhas do dia-a-dia, com uso frequente para confecção, tendemos a sugerir o mate, pois desvaloriza mais as dedadas com o uso.

A cozinha branca lisa e sem frisos ou almofadas é tendencialmente a composição mais frequente se aplicar. A ideologia da cor clara está associada ao proporcionar sentido de higiene, simplicidade e reflexão de luz. Isto porque nem sempre as cozinhas são espaços extremamente luminosos e as cores claras ajudam a manter um nível lumínico desejável.

A cozinha com península ou mesmo a cozinha com ilha, são disposições onde as linhas destacam-se das paredes e, são, boas opções de layout para garantir a difusão da luz natural. A cozinha branca é um esquema cromático que se enquadra muito bem com estas organizações espaciais e garante também que a escolha de outros materiais para elementos como backsplash, bancadas, pavimentos, cuba e misturadora, esteja totalmente em aberto, pois sendo o branco, neutro, conjuga-se bem com outras texturas e cores.

Fotos: unsplash.com

PEÇA-NOS UM ORÇAMENTO PREENCHENDO O FORMULÁRIO EM BAIXO.