Como funciona um projeto de remodelação?

como-funciona-um-projeto-de-remodelacao

A remodelação de uma casa, apartamento ou qualquer espaço comercial ou escritórios é uma tarefa desgastante e, deve ser realizada com a ajuda de uma empresa especializada. As remodelações Lisboa executadas pela spacelovers são sempre antecedidas de projeto prévio, saiba como funcionam os nossos projetos de remodelação.

Para remodelar uma casa é fundamental definir os trabalhos, os materiais que vão ser aplicados e garantir que a coordenação com o existente é tida em conta. Desta forma, permite que o trabalho seja planeado pela equipa de obra e assim os prazos de execução são cumpridos. Veja mais porque é tão importante ter um arquiteto no seu projeto.

Após estas fases de projeto, que vamos descrever, consegue certamente pensar que vale a pena remodelar uma casa, para mais sobre este tema veja aqui.

Os projetos de remodelação passam por:

1-Identificação das necessidades do Cliente

Solicita-se ao Dono de Obra, mesmo antes da reunião, o envio da planta do imóvel para que possa instruir o arquiteto e este possa aconselhar o Cliente nas suas pretensões. Após primeiro contacto, agenda-se uma visita ao imóvel e reunião, onde se anotam os traços gerais da intervenção. Por vezes, ainda se solicita ao Cliente que faculte algumas fotografias de exemplos do que pretende, para que se possa enquadrar as intenções e gosto pessoal no desenho das propostas a apresentar.

2- Levantamento criterioso do local de intervenção

O local da obra de remodelação é analisado em detalhe, para que sejam identificados os pontos chave para o desenvolvimento do projeto de remodelação, tais como a estrutura resistente (pilares, vigas), as prumadas e colunas montantes, ventilações, localização dos quadros, etc. O levantamento métrico no local é feito com rigor, com recurso a equipamentos de medição específicos de distância e de ângulos e, não só se gera a medição do existente em planta como se identificam as alturas de todos os elementos relevantes, todas as reentrâncias e elementos característicos. Ainda nesta fase, se identificam as anomalias construtivas, não-estruturais que se possam manifestar e que se deve ter em atenção na execução do projeto, em especial na descrição dos trabalhos de reparação das mesmas aquando da execução da obra.

como-funciona-um-projeto-de-remodelacao-spacelovers

3- Análise do processo no arquivo camário

Sempre que a complexidade da obra assim o exija e/ou possam existir dúvidas quanto ao sistema construtivo do imóvel, a consulta do processo camarário do edifício é um passo fundamental para a elaboração do projeto, pois dá informação direcionada sobre o imóvel em causa e fundamenta a intervenção, que a equipa de projeto irá apresentar para a remodelação do imóvel.

4- Estudo Prévio: layouts / distribuições espaciais

O projeto de remodelação implica, muitas das vezes, a redefinição dos espaços, com a possibilidade de alteração da distribuição da planta atual, identificando paredes a demolir e a construir, eventuais alterações de vãos e sistemas de abertura, a escolha de materiais de acabamento e suas conjugações, o desenho do novo layout da cozinha, armários, despenseiros, roupeiros e móveis de casa de banho, entre outros pormenores de interiores.

Esta fase de layouts é importante, pois em suma, rege todo o projeto daqui em diante, pelo que é importante que se envolva no projeto, sobretudo nesta fase.

5- Mapa de materiais e equipamentos para cada espaço a intervir

Este documento agrega as várias propostas de materiais a aplicar em cada espaço, os vários equipamentos a utilizar tais como: a cuba de lava-loiças, as misturadoras, os equipamentos sanitários, etc. Ter valores de referência sempre que possível destes equipamentos e materiais é uma mais valia nesta fase, pois começa a ter desde já uma ordem de grandeza de valores.

6- Apresentação de propostas 3D dos espaços a remodelar

As imagens tridimensionais são desenvolvidas com base nos materiais apresentados, com as novas disposições de espaços definidos nas plantas de layout (anteriormente discutidas e aprovadas), cingindo-se aos espaços intervencionados. As simulações 3D permitem-lhe obter um elevado grau de realidade e de antecipação à obra construída. São ferramentas chave para dar aqueles ajustes que considerar necessários, até que o projeto fique a seu gosto.

7- Escolha de Proposta e Revisão

Após escolher a sua proposta favorita, é natural que hajam pontas a ajustar, detalhes para rever mesmo antes de evoluir para a fase seguinte de projeto, o Projeto de Execução.

8- Projeto de Execução, especificações de Mapa de Trabalhos e Quantidades (MTQ) e desenhos de detalhe

O projeto de execução inclui a produção de desenhos como a planta de encarnados e amarelos (demolir / construir), a planta da proposta cotada, planta de redes técnicas como a de eletricidade (localização de tomadas e interruptores etc), desenho de mobiliário fixo como a cozinha, os móveis de casas de banho e roupeiros embutidos, vãos e vistas gerais. Inclui ainda o mapa de quantidades e de trabalhos para garantir, a boa execução da obra.

9- Fase de orçamentação

É nesta fase que se elabora o orçamento de obra, pois estamos então perante um projeto concreto e, assim é possível custear a sua obra de forma exata. Sem estes elementos é difícil dar um valor real, porque nada se encontra definido, sendo para tal apenas possível apresentar uma estimativa da remodelação do seu imóvel.

Mas nesta fase, o orçamento que resulta é concreto. Só desta forma se evitam atritos no momento da obra, sabendo que tudo o que se encontra especificado e detalhado nas fases anteriores, é agora passível de ser concretizado.

A spacelovers segue este procedimento e sequência lógica de trabalho evolutivo. Sem este desencadeamento lógico não há rigor nem profissionalismo. A transparência de atuação é um dos nossos grandes motes de abordagem.

PEÇA-NOS UM ORÇAMENTO PARA O SEU PROJETO.