Que tipo de azulejos de cozinha deve considerar na sua remodelação

que-tipo-de-azulejos-de-cozinha-deve-considerar-na-sua-remodelacao-spalshback-spacelovers

Os azulejos de cozinha são materiais imprescindíveis considerar em qualquer projeto de arquitetura, mesmo em projetos de remodelação de interiores. A cozinha é considerada uma divisão húmida, logo, os azulejos de cozinha têm um papel fundamental no que respeita à capacidade de impermeabilização, limpeza e higienização.

Os revestimentos em paredes de cozinha são sempre aplicados entre a bancada e os móveis de cozinha, sendo este espaço cada vez mais designado por splashback ou backsplash. Aqui podemos dizer que o splashback é a parte da parede parcial que irá sofrer mais com salpicos de águas e gorduras, fruto da preparação de alimentos. Assim a aplicação de azulejos de cozinha é fundamental nestes espaços.

SPLASHBACK

Os azulejos de cozinha são também importantes do ponto de vista estético. Neste aspeto, o splashback assume-se como uma parede de destaque (feature element) onde os azulejos de cozinha ganham especial destaque pela incidência lumínica que adquirem através das luzes de bancada.

Da oferta que existe atualmente no mercado dos materiais de construção, importa salientar como opções para o splashback, para além dos azulejos de cozinha:

- mosaicos e porcelânicos

- vidro: nos vários tons e acabamentos

- pedra natural: com acabamentos polidos para facilitar a limpeza

- madeira: derivados de madeira ou madeira transformada, com superfícies devidamente protegidas

- compósitos de pedra ou quartzo: são materiais derivados de pó de pedra com resinas

- mosaico hidráulico: produzido a partir de cimento e pigmentos, é feito artesanalmente, peça por peça, com espessura de cerca de 2cm, poroso pelo que requer proteção de um impermeabilizante.

Idealmente um splashback deve garantir a necessidade de pouca ou nenhuma manutenção, não ser poroso de forma a impermeabilizar as superfícies, ser resistente à agua e fungos, ter ainda uma superfície que proporcione uma qualidade visual.

Estas características são garantidas pelos materiais, contudo importa sempre especificar cada material com a sua própria especificidade. Ora os azulejos reúnem todas estas características, sendo muitas das vezes opções mais económicas que muitos outros materiais.

que-tipo-de-azulejos-de-cozinha-deve-considerar-na-sua-remodelacao-spacelovers

CONSIDERAÇÕES DE AZULEJOS DE COZINHA

Os azulejos de cozinha continuam a ser uma das opções mais convencionais, tem geralmente uma espessura reduzida (menos de 1cm) e o tamanho das peças é muito diversificado, sendo o mais comum quadrado (10x10 ou 15x15 cm). Os azulejos de cozinha tem uma camada vítrea na face exterior, que resulta da cozedura das peças que a altas temperaturas tornando-os vitrificados, brilhantes e impermeáveis.

Os revestimentos de paredes interiores são elementos associados a um projeto de arquitetura que os define como revestimento de superfícies interiores ou exteriores ou como elemento decorativo isolado. Um modo de aplicação que está em voga é a aplicação de patchwork, onde se forma uma composição gráfica com peças diferentes, imprimindo uma não repetição do padrão e assume-se aleatoriamente uma “manta de retalhos”.

As juntas na aplicação de azulejos de cozinha são importantes, pois o material sofre ligeiras dilatações. Em peças artesanais pode mesmo ser necessário aplicar juntas de 3mm ou mais.

que-tipo-de-azulejos-de-cozinha-deve-considerar-na-sua-remodelacao-cruzetas-spacelovers

OS CONTRA DOS AZULEJOS DE COZINHA

Pela natureza da escala dos azulejos, as peças de tamanho mais reduzido, tendem a não convencer os proprietários que se queixam da necessidade frequente em limpar as juntas.

Situação que noutros materiais de maiores dimensões é minimizada, pois requerem menos juntas.

Contudo, e mais uma vez expressamos que a especificação de materiais em fase de projeto não é só pelo o material bonito, mas é também especificar aquilo que não se vê e que tem de existir para manter as peças bonitas e intactas por mais tempo. As colas têm de ser apropriadas para não provocarem fissurações no azulejo, os betumes têm de ser adequados para serem resistentes aos fungos. Fatores que devem ser acautelados durante a execução dos trabalhos pela empresa de construção.

Sabemos que todos os materiais e elementos necessitam de manutenção e de obras de conservação e é preciso entender que as juntas de quando em vez têm de ser refeitas também para garantir a total impermeabilização.

Fotos unsplash.com

 

PEÇA-NOS UM ORÇAMENTO PREENCHENDO O FORMULÁRIO EM BAIXO.