Os 10 erros mais comuns em remodelação da casa

Os-10-erros-mais-comuns-em-remodelacao-da-casa

Este post reúne os 10 erros mais comuns em remodelação da casa. Se está a iniciar ou a ponderar embarcar neste processo de remodelações interiores, aconselhamos uma leitura rápida para não passar ao lado destes importantes pontos e para ficar precavido antes do início da sua obra. Sabemos que a remodelação de casa e as ações de conservação são necessárias para assegurar a longevidade e o conforto no imóvel.
Conheça os erros mais comuns na remodelação de casa e de que forma os pode evitar.

1 — FALTA DE PLANEAMENTO PRÉVIO

O início de uma obra de remodelação deve ser planeada. Elabore um descritivo detalhado do que aspira fazer na sua obra de remodelação, tal como os materiais, para que a análise e comparação de propostas e orçamentos que obtenha sejam facilmente comparáveis e realistas.

Deve mesmo descrever as marcas dos equipamentos e os materiais que deseja aplicar, só desta forma consegue analisar convenientemente. Sabemos que este processo não é fácil de executar, pois não conhece o mercado totalmente e sem conhecer os materiais mais adequados a cada situação é realmente muito complicado tomar decisões importantes.

Por isso, na spacelovers realizamos um projeto prévio, onde tudo é especificado e adaptado a cada situação e sempre aprovado pelo Cliente. As remodelações são guiadas por este projeto, que planeia detalhadamente, e sempre em conjunto com o Cliente, o resultado de uma obra que será o mais personalizada possível.

Apresentamos um articulado/mapa de materiais e trabalhos detalhados, onde com o nosso aconselhamento técnico, consegue selecionar informadamente.
Desta forma, consegue obter orçamentos descriminados e detalhados que seguem o descritivo de trabalhos e o projeto inicialmente realizado, para poder então comparar os orçamentos.

2 — NÃO SER ACOMPANHADO POR PROFISSIONAIS QUALIFICADOS E EXPERIENTE

Quais as probabilidades de voltar a fazer obras durante a sua vida neste imóvel? Poucas, certamente.
Então porquê arriscar num investimento tão dispendioso sem consultar profissionais que executam estes serviços diariamente, e cuja experiência traz-lhe mais-valia ao seu projeto?

Selecione uma equipa de profissionais com experiência. Uma equipa inovadora, que acima de tudo trate cada projeto personalizada e se dedique à sua remodelação, dando-lhe sempre uma resposta efetiva.

Faça uma pesquisa detalhada e verifique a empresa de remodelações que mais apresente coerência e solidez na resposta e no quadro técnico. Ver projetos anteriores e trabalhos concretizados é sempre uma ótima aposta.

3 — NÃO PENSAR NA REMODELAÇÃO COMO UM TODO

A remodelação deve ser planeada como um todo. É frequente a ideia de remodelar primeiro um espaço, depois daqui a uns meses, outro espaço e mais dois anos remodela o que falta.
Para além do trabalho, ficar mais caro, pois a logística de cada obra é sempre um custo fixo, a própria linguagem numa casa deve ser transversal e permite uma leitura de continuidade.
A vantagem de fazer uma remodelação integral pode ser mesmo uma poupança, ao contrário do que possa pensar.

4 — NEGLIGENCIAR AS PATOLOGIAS DA CASA

As reparações de sintomas (manchas de humidade, destacamentos de pintura, etc) não são suficientes, uma vez que tem de se perceber as causas para as manifestações de patologias que podem afetar todos os espaços.
É recorrente deixarmos o tempo passar e vermos sintomas de patologias nas nossas casas. A ideia de que passará tudo no próximo Verão, é um erro. Lide com essas situações e esforce-se em perceber de onde vêm os problemas. A remodelação de casa pode e deve ir ao cerne do problema e garantir que o problema não persiste.

5 — OBTER UM ORÇAMENTO REALISTA

Deve obter orçamentos detalhados com todos os trabalhos necessários e, nesses trabalhos devem incluir as demolições, as remoções de todos os azulejos, as sancas que ficam a faltar se demolir paredes, etc.

São chamados os ‘trabalhos fantasma’ que normalmente os empreiteiros não consideram e dão resultado a trabalhos a mais durante a obra.

Por vezes, acontece existirem trabalhos a mais, pois nem sempre os imóveis estão vazios e na inspeção/visita ao imóvel é possível ter o conhecimento da totalidade dos pontos da propriedade. Outros trabalhos surgem apenas provenientes de sondagens no início da obra, que podem informar direções nas intervenções.

É importante, contudo, partilhar com a empresa de construção qual o orçamento disponível que tem para o seu projeto. Só desta forma consegue obter propostas adequadas mesmo dos projetistas. Este ponto é relevante para não ser apanhado desprevenido quanto aos orçamentos que recebe.

 

Os-10-erros-mais-comuns-em-remodelacao-da-casa-spacelovers

 

6 — COMUNICAÇÃO EFICAZ GARANTIDA

Na spacelovers esgota-se o diálogo enquanto elaboramos o projeto prévio, o que nos garante que o Dono de Obra toma decisões informadas e pensadas, sendo que nos permite arrancar para a obra com a determinação de materiais e detalhes a executar. A possibilidade de envolver o arquiteto no acompanhamento de obra é uma mais-valia para que a comunicação seja fluída e não se percam detalhes e haja a leitura total do projeto, auxiliando na sequência de trabalhos.
É impossível realizar uma obra se o Dono de Obra e o Empreiteiro não comunicam frequentemente. A comunicação entre ambas as partes deve ser clara e constante, é um verdadeiro trabalho de equipa.

7 — NÃO ESTAR PREPARADO PARA VIVER COM O DECORRER DAS OBRAS EM CASA

Viver na casa enquanto decorre a obra significa ir viver no caos. Por muito organizada que uma obra e os seus trabalhadores sejam é sempre criado pó e entulho, tornando-se difícil viver em tais condições.
É importante prever um local de alojamento temporário durante esse período, para que a experiência não seja mais um ponto desfavorável no processo.

8 — NÃO FORMALIZAR CONTRATO DE EMPREITADA

Muitas vezes o Dono de Obra não exige uma contratualização dos trabalhos de obra. Aqui é um erro de atuação não o fazer, pois é importante descrever todos os trabalhos e materiais a serem aplicados para haver dúvidas no decorrer da obra de ambas as partes. Sugerimos a leitura do post sobre o contrato de empreitada.

9 — NÃO ACOMPANHAR OS TRABALHOS DE OBRAS

O acompanhamento de obra é muito importante. Deve contratar uma equipa que formaliza essa assistência na obra. Muitas das vezes, há pequenos ajustes e detalhes que apenas em obra se conseguem efetivar, para tal é fundamental que a equipa projetista tenha o seu contributo até à entrega da obra ao Cliente e preste o serviço de assistência técnica e acompanhamento de obra.

10 — NÃO ENQUADRAR CORRETAMENTE A SUA OBRA NA LEGISLAÇÃO EM VIGOR

Antes da execução de obra deverá consultar um técnico qualificado que possa auxiliá-lo a entender o enquadramento legal da sua intervenção.
Aqui importa saber quais são os pontos a cumprir consoante a legislação em vigor. Enquadrar as solicitações e as exigências da sua obra e atuar em consonância. Fale com um arquiteto, para que este possa enquadrar as obras que pretende fazer e quais os passos a ter em consideração para o desenvolvimento da sua remodelação, de forma a evitar embargos e dissabores.

Alguma dúvida? Não hesite e entre em contacto connosco. Ajudamos muitos Donos de Obra com remodelações de interiores a evitar os erros mais comuns em remodelação da casa.

PRECISA DE AJUDA PARA A SUA REMODELAÇÃO?